Nota de Esclarecimento sobre o processo seletivo de ACS e ACE

0

A Secretaria de Saúde de Jacundá vem a público informar que, na manhã deste domingo (7), durante a realização das provas objetivas do Processo Seletivo Público Nº 002/2023/PMGP para o cargo de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agente de Combate as Endemias (ACE), uma candidata foi flagrada fraudando a aplicação do certame. Solicitada a verificação dos fiscais, foi confirmada a existência de fórmulas matemáticas anotadas a caneta na sandália da candidata.

Para garantir a lisura e a continuidade do exame, imediatamente, os fiscais acionaram a coordenação de prova. A candidata teve sua prova recolhida e ela foi prontamente retirada das dependências do local de prova. A Secretaria esclarece ainda que este foi um fato isolado e que, ao contrário do que algumas pessoas vêm compartilhando nas redes sociais, não houve registro de vazamento de gabarito ou de questões aplicadas no certame deste domingo. As provas dos demais candidatos transcorreram com tranquilidade.

Sobre as afirmações de uma pessoa que se identifica como candidata e publicou vídeo afirmando ter feito prova na mesma sala da pessoa que foi flagrada tentando fraudar o exame, a Secretaria afirma que as informações são infundadas. Sem qualquer compromisso com a verdade, a mulher argumenta que a candidata foi flagrada com o gabarito na sandália, o que não ocorreu. A autora do vídeo lança, ainda, séria imputação de crime aos elaboradores das provas, tentando macular a lisura do certame e todo o trabalho árduo e cuidadoso da Comissão organizadora e todos os envolvidos na sua realização. Outra informação falsa é de que a primeira aplicação de prova para esses cargos, realizada no dia 19 de novembro de 2023, teria sido cancelada por suspeita de fraude. No entanto, o que levou ao cancelamento do certame foram problemas na elaboração das questões, conforme amplamente divulgado aqui.

Assim, todos os fatos foram levados à autoridade policial, onde foi registrado boletim de ocorrência para fins de investigação e apuração do crime de calúnia praticado pela autora do vídeo, que segue propagando inverdades nas redes sociais.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade