Jacundá lidera geração de empregos em agosto na Região do Lago

0

No último mês de agosto, Jacundá ficou no topo do ranking de geração de empregos formais entre os municípios da região do Lago de Tucuruí. Nesse período, nosso município registrou a criação de 155 empregos com carteira assinada e 79 demissões, tendo como saldo positivo 76 empregos formais. Com esse desempenho, Jacundá ficou a frente de municípios como Tucuruí, que gerou 16 vagas de empregos formais, e Novo Repartimento, com 24 vagas de empregos formais.

Os números são do painel de informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), formulado a partir de informações do Ministério do Trabalho e Emprego, que acompanha a flutuação mês a mês de contratações e desligamentos em todo o país. “Esse é o resultado do trabalho duro que temos realizado para recuperar a economia do município, principalmente, ao restabelecer um clima de estabilidade em Jacundá. Quando a cidade vive um equilíbrio econômico, os investimentos vêm naturalmente, os empreendedores se arriscam a expandir e, consequentemente, contratar mais”, afirma o prefeito Itonir Tavares. “Esse número ainda é só um começo, mas já é uma evolução para uma economia que ficou tanto tempo sem movimento. Nós queremos mais”.
Ainda segundo as informações do Caged, o setor que mais empregou no período do levantamento foi a Indústria, com 53 contratações. Em seguida, vem o Comércio, com 16 vagas criadas, e o Agronegócio, com 6 postos de trabalho. No entanto, o prefeito frisa que esses números se refere a contratações formais, com carteira assinada e não levam em consideração as políticas de incremento de renda. “Já formamos centenas de pessoas em cursos profissionalizantes oferecidos gratuitamente, além de incentivar o incremento de renda com a nossa política de resgate dos grandes eventos culturais do calendário de Jacundá. A população hoje sabe que pode contar com a chance fazer uma renda extra com programações esportivas, shows, o Dia das Crianças que também está chegando, porque a Prefeitura cria essas oportunidades o ano inteiro”, destaca Itonir.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade