Jacundá 62 anos: shows nacionais levam mais de 30 mil para Av. Cristo Rei

0

Na segunda noite de comemorações pelo aniversário de 62 anos de Jacundá, a Avenida Cristo Rei ficou pequena para a multidão que se aglomerava desde cedo para ver a Banda Calcinha Preta e Nadson O Ferinha, principais atrações da programação. Nesta quinta-feira (28), outro ponto alto da noite foi o show pirotécnico, com queima de fogos sem estampido, que iluminou o céu de Jacundá à meia-noite em ponto.

A dona de casa Maria do Carmo Souza, moradora do bairro José Rasteiro, foi na companhia do filho ver a banda que tanto gosta. “As músicas do Calcinha Preta são sucesso, não tem quem não conheça. Eu escuto direto em casa. A Prefeitura acertou muito nessa programação”, disse. Já o ajudante de pedreiro Gleidson Marques se divertia com os amigos enquanto aguardava o show de Nadson O Ferinha. “Eu quero ver porque as músicas dele estão estouradas, né?”. E brincou: “esse prefeito é um pai”, disse aos risos.

Pouco antes da meia-noite, o prefeito Itonir Tavares subiu ao palco acompanhado do vice-prefeito Chapolin, do deputado estadual Lu Ogawa, de secretários de governo, outras autoridades, além dos vereadores Rafael Garrancho, Anilton do Barracão, Ailton Lima, Neguinho Mulato, Wilson Rosa, Tim do Bar, Tcharllys Borges e Raylane Pequena. “Estamos finalizando 2023 em festa pelos 62 anos de Jacundá, mas o ano que se aproxima também traz novos desafios a serem superados e vem com muito mais trabalho a ser feito. O que a gente deseja para a cidade é que nos próximos anos haja ainda mais motivos para celebrar”, afirmou Itonir.

Pelo segundo dia consecutivo, visitantes de municípios vizinhos estavam entre o público presente. Pessoas de Nova Ipixuna, Marabá, Goianésia, Breu Branco e Tucuruí ajudaram a abrilhantar ainda mais os shows de aniversário da cidade. E hoje (29) ainda tem mais comemorações. Logo mais, a partir das 17h, a Marcha para Jesus ganha as ruas de Jacundá em um percurso que termina no palco da Avenida Cristo Rei. Por lá, se apresentam os finalistas do Festival da Canção Gospel, ministérios de louvor das igrejas evangélicas de Jacundá, além da atração nacional Anderson Freire, encerrando as celebrações pelos 62 anos de Jacundá.

 

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade